Ir direto para menu de acessibilidade.
Banner Site Antigo
Página inicial > Direção de Centro
Início do conteúdo da página

Direção de Centro

Publicado: Terça, 15 de Maio de 2018, 13h28 | Última atualização em Terça, 19 de Fevereiro de 2019, 09h06

DIRETOR: Prof. Dr. Sérgio Ricardo Araújo de Melo e Silva

VICE-DIRETOR: Prof. Dr. Wilson Wouflan Silva

 

 

 

O Centro de Saúde e Tecnologia Rural da Universidade Federal de Campina Grande, Campus de Patos-PB, antigo Campus VII, surgiu no sertão paraibano por meio de uma intervenção do governo do Estado através de uma proposta ousada do então Reitor Lynaldo Cavalcanti, que teve como objetivo, durante seu mandato, desenvolver e ajudar a interiorizar a Universidade Federal da Paraíba.

O ensino superior na cidade de Patos-PB, teve inicio em 1970, com os cursos de Agronomia e Medicina Veterinária, oferecidos pela Fundação Francisco Mascarenhas – FFM, em convênio com a Prefeitura Municipal de Patos. Os cursos, porém, não foram reconhecidos, e houve interesse, por parte da UFPB, em mantê-los. No dia 26 de abril de 1970, o Governador do Estado da Paraíba, Tarcísio de Miranda Burity, através do Ofício CG-116, assumiu o compromisso de oferecer toda ajuda financeira e pedagógica necessária ao atendimento das exigências do Conselho Federal de Educação.

A Universidade Federal da Paraíba, além de receber a incumbência de dar continuidade à formação dos alunos que não haviam concluído seus cursos na FFM, realizou seu primeiro vestibular em janeiro de 1980, oferecendo 50 vagas anuais, para cada curso.

Como já existia o curso de Agronomia na cidade de Areia-PB, e o curso da FFM havia sido absorvido, não era vantajoso que existissem dois cursos em uma mesma Universidade, e foi elaborado um projeto para que se criasse um curso das Ciências Agrárias e assim criou-se o curso de Engenharia Florestal.

O Campus VII, em Patos, ficou vinculado ao Centro de Ciências Agrárias, na cidade de Areia, até a autorização de sua implantação na Cidade de Patos-PB, pelo Conselho Universitário da UFPB, como sendo Campus VII, pela Resolução de nº 380/79. A criação definitiva foi em 11 de novembro de 1984. Em 1985, o curso de Medicina Veterinária foi reconhecido pelo MEC e, um ano depois, o curso de Engenharia Florestal. Com o desmembramento da Universidade Federal da Paraíba - UFPB, para a Universidade Federal de Campina Grande, pela Lei nº 10.419, de 9 de abril de 2002, o antigo Campus VII passou a chamar-se de Centro de Saúde e Tecnologia Rural, Campus de Patos.

 

 

Fim do conteúdo da página